Viagens em Grupo

Las Vegas! Se beber, não case!

Uma viagem que começou nos estúdios de cinema em Los Angels, atravessou a ponte de San Francisco, esquiou nas montanhas de Lake Tahoe, só poderia terminar na cidade que o gringo fez no meio do deserto. Inúmeros filmes já foram rodados por aqueles hotéis, cassinos, piscinas e boates, estava na hora de partir pra Las Vegas, baby !

Tudo começou ainda no Brasil, depois de montar o roteiro das outras cidades, chegou a vez da cereja bolo! Mas ok, eu tinha alguma dúvidas. É melhor chegar pela rota 66 ou de avião ? Quais são os picos da cidade ? Qual a melhor época pra ir ? Essas e outras questões eu não fazia ideia de como responder. Nunca tinha ouvido falar de algum conhecido ou amigo próximo viajado por aquelas terras, a maioria conhece Orlando, Nova York e Miami. Eu só conhecia o Bellagio por causa do filme (Onze homens e um segredo). Você ficaria numa cidade durante uma semana, saindo do quarto pro cassino do hotel e depois pra piscina todos os dias ? Bem você pode até responder que sim, mas nem eu e muito menos os outros três integrantes da trip estávamos afim disso. HAHAHA

   Antes da viagem procurei saber sobre a cidade, os principais lugares para ir, vantagens e dicas, mas não era o suficiente. Então consegui o contato de um guia que morava por lá, a mais de oito anos e conhecia tudo, nem pensei duas vezes! Rodrigo da agência TurBrokers International, era o nome da figura, gente fina toda vida. Depois de algumas mensagens e informações trocadas com ele, já percebemos que a oportunidade era essa mesmo, alugamos limousine pra conhecer a cidade, entrada pra show da Celine Dion, além da estadia no Luxor. Das noitadas na “Xs” no Ancore até os shows pirotécnicos das músicas do Kiss no teto da galeria do Nugget, primeiro hotel construído em Vegas também conheci a maior fonte de chocolate do mundo! Se não fosse o Rodrigo como guia, eu não tinha conhecido metade dessas coisas, além dos amigos que ganhei nessa viagem.

 

Após passar cinco dias conhecendo a cidade até o mais tarde das noitadas eu posso dizer pra você, essa cidade é a Nova York do oeste americano, não dorme ! Perde-se a noção de tempo e espaço, tudo parece passar muito mais rápido. Especialmente porque nunca chove, ou seja, não tem dia perdido meu amigo, faça calor ou frio, é só curtição!

A qualquer hora você vai encontrar alguém sentado nas mesinhas, jogando torneios de poker ou girando aquelas roletas, basta visitar algum dos mais de vinte hotéis na avenida mais importante da cidade, Las Vegas Strip.

 

Os cassinos são enormes, você se perde facilmente, e tem sempre um evento ou encontro de alguma organização mundial acontecendo. Um dos meus amigos até ganhou um torneio de poker na única pirâmide egípcia da cidade, U$ 300 foi o prêmio. De ponta a ponta da street, em cada extremidade tem um outlet para turista nenhum botar defeito e dizer que saiu insatisfeito, é impossível!

Custos: Visitar os cassinos, é 0800, todos eles se ligam por algum meio: ponte, escada rolante ou até gondôla… basta pegar um mapa e fazer o roteiro. O gasto maior fica mesmo pela estadia, noitadas na boate e jogos nos cassinos, na minha opinião a escolha do hotel deve priorizar estar no street, no fervo mesmo, mas não precisa ser um Bellagio, Cesar Palace ou Encore da vida, onde você pode pegar uma casa e jogar golfe.. hahaha

Eu fiquei no Luxor, muito bom !

Las Vegas, Viva Las Vegas !

Nos envie você também um texto com fotos e/ou videos contando sobre uma experiência de viagem com seus amigos.

Até a próxima !

~Equipe Excursa

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *