Viagens em Grupo

A cidade perdida, Machu Picchu

   Um dia quatro amigos resolveram conhecer dois países meio que fora do comum, Peru e Bolívia. Culinária, passeios e cultura foram o que mais me impressionou nessa viagem. A maioria das pessoas prefere ir para os EUA e Europa, porém descobri após essa trip que na América do Sul também existe muita coisa pouco explorada pela maioria dos viajantes.

   O itinerário começou por La Paz, depois Lima e finalizamos em Cusco no Peru. Durante o deslocamento nas cidades conhecemos alguns pontos que surpreenderam, Isla del Sol, por exemplo, no lado Titicaca e Salar de Yuni na Bolívia, além de Machu Picchu, uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Existem dois meios de conhecer Machu Picchu, um deslocamento de trem-ônibus: Cuzco-Águas Caliente-Machu Picchu, que eu, particularmente, acho meio chato pela quantidade de tempo que leva ou se você tem vontade de fazer algo diferente, que fuja totalmente do seu cotidiano, além de ser uma memória única na sua vida, recomendo que você faça a Inca Trail.

Encare no mínimo quatro dias de mata, altitude e cultura, faça valer a aventura e reviver o tempo dos incas que durante as estações do ano percorriam o mesmo caminho que você fará para poder celebrar seus eventos e rituais. Existem opções de mais dias, porém, vai da disposição e disponibilidade de cada um. Achei a quantidade de dias do nosso passeio, de bom tamanho.

Primeiro, você precisa de uma agência para realizar a travessia, somente 200 pessoas podem iniciar a trilha por dia, e através da empresa você é inscrito no site do governo do Peru, o grupo será formado por 10 turistas (éramos quatro brasileiros, quatro americanos e duas australianas), 2 guias e 15 a 20 porters, que são bolivianos, peruanos e índios locais que se encarregam de levar tudo que você possa imaginar para a sua sobrevivência e do grupo, de botijões de gás a barracas para dormir, durante as refeições eles também são responsáveis por montar e desmontar tudo.

No dia anterior a trilha, acontece uma reunião na própria agência onde ele explicam todo o trajeto, além de responder perguntas e apresentar os demais membros do grupo, os guias são responsáveis por você durante todo tempo, dos mais rápidos aos mais lentos, não se preocupe, eles estarão lá para te ajudar.

O caminho é pelo meio da floresta e das montanhas, algumas vezes com degraus e outras com trilha de terra batida mesmo, eu te garanto, em alguns momentos você vai precisar de coragem para levantar as pernas e subir os milhares e milhares de degraus, principalmente no segundo dia que você sobe até 4.300m de altitude com o ar rarefeito…

 

 

 

Segundo, as paisagens são cinematográficas, durante o passeio o guia irá contar histórias e te apresentar contos da cultura inca que você não imagina ter existido, você pode até pensar, é muito marketing e etc, mas depois que voltei ao Brasil procurei pelos fatos e realmente são verídicos, tive um banho cultural que não pensei que iria ter.

 

   No último dia você vai acordar bem cedo, por volta de 3h da manhã depois de uma noite anterior bem cansativa para ir ao portal de Machu Pichu e aguardar a abertura do parque, juntamente com os outros grupos que também iniciaram a trilha contigo no primeiro dia.

   Ao final da última trilha você estará numa adrenalina para chegar ao ponto do nascer do sol que vai ignorar qualquer dor ou falta de vontade que tiver, porque vai valer a pena ver aquela bola de fogo iluminar cada pedaço daquelas montanhas escolhidas pelos Incas desde os tempos mais primórdios de sua existência. Momento único, espetacular, indescritível só indo pra ver com os próprios olhos.

Se este grande monumento ainda existe é porque os espanhóis nunca souberam disso, caso contrário teria tido o mesmo destino da cidade de Cuzco que foi totalmente reconstruída.

Vai valer a pena, quando você tiver 80, 90 anos você irá contar aos netos e se lembrar de momentos como esse que farão você refletir sobre essa oportunidade.

Os créditos pelas fotos e vídeos são para o Bruno ! Aventureiro que, juntamente com os amigos, resolveu encarar a montanha!

Gasto total U$ 665, 4 dias, 3 noites, ingresso incluso, mais informações:  https://www.alpacaexpeditions.com/, top 1 do trip advisor!

Nos envie você também um texto com fotos e/ou videos contando sobre uma experiência de viagem com seus amigos.

Até a próxima !

Equipe Excursa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *